< A minha historia e no minimo curiosa, ela comeca quando eu morava com minha mae , a Sra. Josefa.>

< Minha mae era uma mulher muito simples, tabalhava com contabilidade em uma pequena empresa, sempre tinha muito trabalho para fazer. Era tanto trabalho que nao dava conta de fazer tudo durante o dia, e assim passava noites em claro. >

< Para ficar acordada tomava muito cafe, ate altas horas da madrugada. >

< Eu sempre acompanhei todo o trabalho, eram pilhas e pilhas de papel, cadernos de anotacoes com contas a receber, contas a pagar, estoques, balancos financeiros, enfim, um mundarel de contas para fazer, e ainda tinham as notas fiscais! Alguns clientes faziam as notas a mao mesmo, e isso dificultava muito. Era servico que nao acabava mais. Eu sempre ficava acordada com minha mae, e de tanto ver, aprendi a fazer algumas coisas. >

< Coitada, trabalhou tanto que bateu as botas, ou as asas, como se diz em corujes. Depois disso eu decidi que precisava usar tudo o que aprendi para ajudar as pessoas, ajudar a controlar melhor suas empresas. Eu comecei a montar um programa de gestao administrativa, em um desktop velhinho que tinha la em casa. Descobri que nao e nada facil programar, principalmente escrever! >

< Minha sorte foi quando eu estava voando por ai e entrei pela janela da CoffCode, ja era quase noite e o pessoal estava na frente do computador com cafezinho , para variar. Eu vi que eles estavam fazendo um programa muito esperto, justamente para ajudar empresarios como minha mae . Nao tive duvidas , logo pedi emprego e entrei para equipe. Hoje sou uma coruja programadora e faco meu melhor para aprimorar o software da CoffCode – o CoffCode Expresso. >

< Aqui na CoffCode eu tambem cuido do marketing, voce já deve ter visto algum post meu por ai . O problema e que ate hoje ainda nao perdi o habito de escrever sem acentos, sem falar dos sinais de abertura e fechamento de codigo, vicio de programador! Mas tudo bem, voce consegue entender tudo direitinho, nao e mesmo? 😀 >